Seguindo sua tradição anual, nesta terça-feira, 10 de setembro, a Apple lançou sua nova linha de Smartphones, os novos iPhones 11, 11 Pro e 11 Pro Max. Além dos novos iPhone, a gigante norte-americana também anunciou o Apple Watch Series 5 e o novo iPad.

iPhone 11, 11 Pro e 11 Por Max

Estrutura, design e tela

De acordo com os rumores, os novos iPhones estrearam com um design diferenciado das versões anteriores. Para abrigar as lentes da câmera principal, a norte americana investiu em um design de módulo, que causou certo estranhamento em muitos usuários.

Com uma tela de 6,1 pol de LCD Liquid Retina HD e estrutura de alumínio aeroespacial e vidro, o iPhone 11 chega mais resistente do que as versões anteriores, sendo oferecido nas cores verde, amarelo, vermelho, roxo, branco e preto.

Já os iPhones 11 Pro e 11 Pro Max são estruturados de aço inoxidável e vidro e possuem telas de Super Retina XDR OLED de 5,8 e 6,5 pol respectivamente, disponíveis nas cores verde meia-noite, prateado, cinza-espacial e dourado.

Desempenho e capacidade

Os três iPhones 11, 11 Pro, e 11 Pro Max possuem um chipset de sete nanômetros, chamado de A13 Bionic, capaz de realizar até 1 trilhão de operações por segundo.

Contando com o sistema operacional iOS13, os modelos Pro e Pro Max saem na frente do 11, oferecendo até 512GB, enquanto o básico oferece até 256GB.

Câmeras

As novidades nas câmeras dos novos smartphones foram empolgantes, mas também foram o motivo da mudança no design da linha 11.

O iPhone 11 possui um sistema de câmeras traseiras duplas com sensores de 12 megapixels nas lentes Wide e Ultra-Wide. A frontal também conta com 12 megapixels e dos novos recursos de câmera, destacam-se o modo retrato, modo noturno e filmes gravados em 4K a 60 quadros por segundo.

Já os iPhones 11 Pro e 11 Pro Max apresentam um sistema de câmeras triplas com lentes Wide, Ultra Wide e Telephoto, todas de 12 megapixels. Nestes modelos, o recurso destaque é o Deep Fusion, que faz o uso de Machine Learning para capturar imagens mais ricas em quaisquer condiçòes de luminosidade.

Bateria e resistência

Com relação a bateria, o iPhone 11 promete até 17 horas de bateria, uma hora a mais que o seu antecessor XR. Mas ele não supera o que podemos nomear de o "rei das baterias", o Pro Max. Ele representa o maior salto em duração de bateria para Apple, prometendo até 20 horas de duração. Já o seu modelo inferior, oferece cerca de 18 horas.

Quanto à resistência, o iPhone 11 possui certificação IP68 de resistência contra poeira e água, prometendo até 2 metros por até 30 minutos. Já os modelos superiores prometem até 4 metros de profundidade por até 30 minutos.

Disponibilidade e preços

O iPhone 11 será vendido a partir de US$ 699 nos modelos de 64 GB, 128 GB e 256 GB. Já o iPhone 11 Pro em sua versão básica custará US$ 999 e o 11 Pro Max US$ 1.099.  Eles terão versões de 64 GB, 256 GB e 512 GB.

Todos os modelos ainda ganharam novas capinhas. A pré-venda começa na sexta-feira (13), com o lançamento acontecendo no dia 20 de setembro.

Apple Watch Series 5

A nova geração do Apple Watch agora oferece ao usuário um diferencial. Se nas versões anteriores o display só era ativado apenas ao detectar um movimento, isso não acontece mais. Agora o display se manterá sempre ligado e para manter a promessa de bateria para o dia todo, o novo modelo conta sensores de luminosidade que buscam equilibrar as necessidades de brilho para o uso de acordo com o ambiente.

O modelo conta com estruturas de cerâmica e titânio, enquanto os modelos de alumínio passaram a ser feitos com materiais 100% reciclado. O novo relógio contará com uma bússola  incorporada e uma série de aplicativos melhorados. Com relação aos valores, o modelo com GPS custará US$ 399 e o com telefonia celular US$ 499.

Novo iPad

Um dos destaques inesperados do dia é o novo iPad. A atualização trouxe um upgrade na tela e dá continuidade ao modelo de produção sustentável da companhia.

Com uma nova e maior tela de retina de 10,2 pol o novo iPad de 7ª geração busca substituir a opção de 9,7 pol, e além de ter sua carcaça feita de alumínio 100% reciclado, traz um grande diferencial: o sistema operacional iPadOS. Além do sistema garantir maior produtividade e desempenho, agora o dispositivo é compatível com o Smart Keyboard e com a Apple Pencil, o que oferece mais possibilidades ao usuário.

O chip A10 Fusion oferece uma navegação fluída e um super desempenho, prometendo performance 2x maior que a geração anterior. O dispositivo também oferece suporte  a drives USB e controles Bluetooth do Xbox, do DualShock 4 (PlayStation) ou controles MFi.

Nos EUA, o dispositivo custará US$ 329 (US$ 299 para estudantes e professores) e estará disponível a partir do dia 30 de setembro.

O que acharam das estrelas do evento, os iPhones? Gostaram das novidades?